A nossa equipa em Angola

Zahira Virani

Zahira Virani

ONU
Coordenadora Residente
 
 
Zahira Virani, cidadã canadense, é a Coordenadora Residente do Sistema das Nações Unidas em Angola. Nomeada pelo Secretário-Geral da ONU, António Guterres, a 23 de setembro, Virani vem de uma missão em São Tomé e Príncipe, onde desempenhou as mesmas funções. Com mais de 20 anos de experiência em organizações humanitárias e de desenvolvimento, Zahira Virani é mestre em ciências pela London School of Economics, no Reino Unido, e licenciada pelo Whittier College, nos Estados Unidos da América. A canadiana ocupou vários cargos importantes no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), com experiência no Afeganistão, Bósnia e Herzegovina, Panamá e Tajiquistão. A Coordenadora Residente em Angola chegou ao país em Setembro de 2020, está entusiasmada e muito honrada pela oportunidade de servir o povo angolano.
Alberto Muxa

Alberto Muxa

OIM
Oficial Encarregado do Escritório
 
Alberto Muxa é um especialista em questões de migração, com uma carreira que abrange mais de uma década nesse campo dinâmico. Com uma experiência de mais de 10 anos no campo da migração e sete anos dedicados especificamente à operação prática, Alberto Muxa é uma figura de destaque.

Sua trajetória profissional é marcada por uma série de realizações notáveis. Como Head of the Office a.i na IOM Angola, Alberto supervisou operações de importância crítica em nível nacional.

Antes de sua atuação na IOM, Alberto Muxa durante cinco anos serviu como Senior Field Clerk (Programme and Protection) na UNHCR, em Luau/Angola, onde desempenhou um papel crucial na prestação de assistência e proteção a populações deslocadas.

Antes disso, Alberto acumulou sete anos de experiência como Coordenador Logístico e Monitor de Alimentos e Itens Não Alimentares com a Save the Children Federation, focado em ajudar pessoas deslocadas internamente.

Alberto Muxa é um graduado em Gestão e Organização de Escritórios pela Universidade Gregorio Semedo, Angola. Ele é um defensor incansável das pessoas deslocadas e vulneráveis.
Antero Almeida de Pina

Antero Almeida de Pina

UNICEF
Representante
 
 
Antero Almeida de Pina foi nomeado pela Directora Executiva do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) como seu Representante para Angola em Abril de 2023.

Antes da sua indicação para Angola ocupou diferentes cargos seniores em diferentes países (2012-2023), como a Nicarágua e Guiné Equatorial, onde foi Representante durante cerca de 3 e 4 anos respectivamente e Guiné-Bissau, onde foi Representante Adjunto durante 4 anos.

Teve também passagem pela República Democrática do Congo como chefe de escritório de zona para a província de Katanga, onde coordenou o apoio técnico aos programas regionais de saúde, nutrição, educação, protecção da criança e gestão de emergências.

Antero de Pina é licenciado em Engenharia Rural pela Louisiana State University, EUA, e tem um mestrado em Engenharia Hidráulica pelo Instituto Internacional de Engenharia Hidráulica de Delft, na Holanda.

Como especialista em água, saneamento e higiene (WASH), liderou processos de concepção, desenvolvimento e implementação de programas de WASH, bem como a reconstrução de infra-estruturas de água e saneamento em diferentes escritórios do UNICEF.

Cerca de 13 anos depois o novo representante do UNICEF regressa à Angola onde entre 2009 e 2010 foi o chefe da secção de Água, Saneamento e Higiene.

A sua trajectória profissional inclui ainda passagem pelo Haiti onde em 2010, liderou durante alguns meses, o planeamento e a execução do plano de reconstrução dos sistemas de água e saneamento danificados pelo terramoto ocorrido naquele ano.

De 2004 a 2007, Antero de Pina trabalhou no maior projecto de WASH do UNICEF em Maputo, Moçambique. Foi Oficial de Projecto de Água e Saneamento do UNICEF na cidade da Praia, Cabo Verde, de março de 1994 a junho de 2001.

A sua experiência profissional, para além da sua carreira no UNICEF, inclui o sector privado na área da construção; o ensino de Água, Saneamento e Higiene em Engenharia Civil; e o Estado de Cabo Verde onde serviu de 1987 a fevereiro de 1994 como Técnico Superior e Delegado Regional de Engenharia Rural no Ministério do Desenvolvimento Rural na Ilha de Santo Antão.
Custódio Mucavele

Custódio Mucavele

FIDA
Director
 
Custodio Mucavele é Director do FIDA em Angola desde 2022. Mucavele foi Coordenador dos programas do FIDA em Moçambique durante o periodo 2003-22. Antes de se juntar ao FIDA, Mucavele trabalhou nos Serviços de Extensão Agrária em Moçambique, tendo ocupado varios postos desde Extensionista do campo até o nivel de Director Nacional Adjunto. Mucavele, é Licenciado em Agronomia e possui o grau de Mestrado em Economia Agraria.
Denise António

Denise António

PNUD
Representante Residente
 
 
A Representante Residente do PNUD em Angola, Dra. Denise Edena António, cidadã dos Estados Unidos da América, chegou ao país para servir como Representante Residente do PNUD em Angola a 26 de Outubro de 2023.

Tem um mestrado em Contabilidade Pública e é licenciada em Administração de Empresas e Contabilidade pela Universidade Adelphi, Nova Iorque.

A Dra. António apresenta 25 anos de experiência no Sistema da ONU. Desempenhou as funções de Representante Residente do PNUD na Jamaica, Belize, Bermudas, Ilhas Caimão, Bahamas e Ilhas Turcas e Caicos (2019-2023). No seu percurso profissional exerceu cargos de Directora Adjunta (Operações) do PNUD em Angola (2015-2019); Zimbabué (2011-2015) e Representante Residente Adjunta (Operações) no Gana (2006-2011).
Denise Monteiro

Denise Monteiro

OIT
Gestora de Projectos e Responsável do Escritório em Angola
 
Economista moçambicana com experiência de trabalho em Portugal, India, Moçambique e, desde Janeiro de 2021, em Angola, exercendo o cargo de Gestora de Projectos e Responsável pelo escritório da Organização Internacional do Trabalho.

Tem uma pós-gradução em Economia Social e Solidária do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa em Portugal e um mestrado em Gestão de Organizações Internacionais pela Universidade de Bocconi em Itália.

Iniciou a sua carreira como investigadora no ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa na área da Economia Social e Solidária dando suporte à definição de políticas de emprego em Portugal, criação de empresas socias e monitoria e avaliação de projectos de desenvolvimento local.

Na Índia trabalha com Bunker Roy num projecto de investigação e desenvolvimento comunitário e rural - o Barefoot Project - nas áreas da educação, desenvolvimento de competências, saúde, água potável, capacitação das mulheres e electrificação através da energia solar e após uma passagem pelo Ministério da Economia e Finanças de Moçambique junta-se à Agência Especializada das Nações Unidas – Organização Internacional do Trabalho (OIT) como especialista em Protecção Social e gestora de projectos
Dr. Zabulon Yoti

Dr. Zabulon Yoti

OMS
Representante a.i.
 
Dr. Yoti, natural de Uganda, com mais de 18 anos de experiência em saúde pública, atuou como Consultor Regional para Surto e Gestão de Desastres no Cluster de Segurança em Saúde e Emergências da OMS para a África, com base em Brazzaville.

Em junho de 2014, Dr. Yoti foi reatribuído como parte do destacamento de emergência da OMS para resposta ao Ebola na África Ocidental, com a responsabilidade de fornecer liderança técnica e coordenação na resposta ao surto.

Ele atuou como Representante Adjunto da OMS em Serra Leoa de novembro de 2014 a dezembro de 2015.
Emmanuelle Mitte

Emmanuelle Mitte

ACNUR
Representante Residente
 
Emmanuelle Mitte assumiu o cargo de Representante Residente em janeiro de 2024, trazendo consigo uma vasta experiência em lidar com deslocamentos e apatridia, principalmente em África—África Austral, África Ocidental, Etiópia, Camarões e Argélia. Sua expertise se estende à Europa e Ásia, enfrentando questões complexas em zonas de conflicto e pós-conflicto, como Afeganistão e Cáucaso.

Emmanuelle Mitte tem um Mestrado em Direito pela Universidade Cornell (EUA) e um Mestrado em Direito Internacional Público pela Universidade de Sorbonne (França). Com um histórico comprovado em diversas regiões, ela está comprometida em avançar com soluções e advogar pelos afetados pela apatridia e deslocamento.
Gherda Barreto

Gherda Barreto

FAO
Representante
Nascida na Nicarágua, Gherda Barreto é Representante da FAO em Angola desde 2018. Formada em Engenharia Agrícola pela Universidade Nacional Agrária da Nicarágua, tem um mestrado em Economia de Recursos Naturais e do Ambiente, pela Universidade de Concepción, no Chile. Gherda começou a sua carreira na área de Ambiente e Agricultura, no Banco Central da Nicarágua e depois no Ministério do Ambiente e Recursos Naturais do seu país. Em 2014 começou a sua carreira internacional no PNUD nas Honduras, com o projecto “Integração da gestão do risco climático nas políticas sectoriais, agricultura e segurança alimentar, recursos hídricos, biodiversidade e políticas nacionais”. De regresso à Nicarágua, ocupou a posição de Assistente do Representante da FAO. Em 2017 regressou à capital das Honduras, Tegucigalpa, para ser Oficial Internacional de Políticas de Segurança Alimentar e Nutricional, cargo que ocupou até assumir a função de Representante da FAO em Angola.
Hege Wagan

Hege Wagan

ONUSIDA
Representante
 
Natural da Noruega, Hege Wagan é a representante da ONUSIDA em Angola desde Setembro de 2022. Recentemente, trabalhou como Consultora Principal no Departamento de Ciência, Sistemas e Serviços para todos no Centro Global do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre VIH/SIDA (ONUSIDA) em Genebra. Antes disso, ocupou cargos de liderança como Directora em exercício da Coligação Global para a Prevenção do VIH.

Foi Directora em exercício da Divisão de Igualdade de Género e Diversidade do Centro Global da ONUSIDA e Conselheira Sénior para a Igualdade de Género. Geriu parcerias, incluindo sobre igualdade de género e direitos humanos, da Equipa de Apoio Regional da ONUSIDA na América Latina e Caraíbas. No Zimbabué, no escritório da ONUSIDA, liderou trabalhos em matérias humanitárias, de parcerias e envolvimento comunitário.
José Ferrão

José Ferrão

PAM/PMA
Representative
 
 
 
José Ferrão é o Representante do Escritório do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas em Angola desde Fevereiro 2022. Ele é Engenheiro Electrotécnico, formado na Universidade Eduardo Mondlane em Maputo, com especialidades nas areas de tecnologia de informação e comunicação, cadeia de valores alimentares e análise de vulnerabilidade e mapeamento (VAM). Começou a sua carreira como consultor do Projecto do Corredor da Beira (Balslev) e juntou-se ao PAM em 1994 em Moçambique, cumprindo depois as missões em Itália, Malawi, Madagascar, Zâmbia, Zimbabwe, Eswatini, Etiópia, Djibuti, Afganistão, Síria, Sudão e Tanzánia.
Juan Carlos Alvarez

Juan Carlos Alvarez

BM
Representante Residente
 
O Sr. Alvarez, de nacionalidade costarriquenha, juntou-se ao Banco Mundial em 2000 como advogado da Vice-Presidência Jurídica para a América Latina e Caraíbas, onde colaborou com a Bolívia, Equador, Peru, Guatemala, México e Colômbia. A partir de 2005, esteve baseado nos escritórios regionais do México (cobrindo o México e a Colômbia), Nova Deli (cobrindo o Bangladesh, Butão, India, Nepal e Sri Lanka) e Dubai (cobrindo o Afeganistão e Paquistão), assessorando as unidades de cada país em questões jurídicas e políticas do Banco Mundial.

A sua missão mais recente foi Representante Residente, no Equador, na Região da América Latina e Caraíbas. Antes de se juntar ao Banco Mundial, o Sr. Alvarez trabalhou nos sectores público e privado na Costa Rica.

Estudou Direito na Universidad Autónoma de Centro América e obteve o mestrado em Direito Internacional na Universidade Americana em Washington, D.C.
Mady Biaye

Mady Biaye

UNFPA
Representante
 
 
Dr. Mady Biaye é Representante do UNFPA em Angola, desde 11 de Dezembro de 2020. Dr. Mady Biaye é um Estatístico e Demógrafo com mais de 30 anos de experiência profissional, dos quais mais de 20 anos a nível internacional. Ele recentemente foi Representante Residente do UNFPA (2016-2020) na Guiné Equatorial, onde também atuou como Coordenador Residente das Nações Unidas / Oficial Designado para a segurança (2018-2020), Representante Residente da OMS (junho-dezembro de 2020) e Coordenador COVID-19 para o Sistema das Nações Unidas / Coordenador de Campo Designado da MEDEVAC (março-novembro de 2020). De 2008 a 2016, foi Conselhero Técnico Regional em População e Desenvolvimento, Dados para o Desenvolvimento, e Política de Dados Populacionais no Escritório Regional do UNFPA para a África Oriental e Austral, Joanesburgo, África do Sul, e Conselhero Técnico Regional do UNFPA e UNECA em Dados Populacionais, Análise, e Investigação na Equipa de Apoio Técnico (CST) do UNFPA para a África Austral (2001-2008) em Harare, Zimbabué. Antes disso, o Dr. Biaye trabalhou como Especialista e Consultor Sénior, de 1995 a 2001, com várias agências do sistema da ONU em Cabo Verde, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Washington D.C.
O Dr. Biaye foi Professor e Investigador a tempo inteiro na Universidade Católica de Lovaina (UCL) e no Centro Internacional de Formação e Investigação em População e Desenvolvimento em associação com as Nações Unidas (CIDEP), Louvain-la-Neuve, Bélgica, de 1989 a 1994; na Escola Nacional de Economia Aplicada (ENEA) onde foi também chefe adjunto do Departamento de Estatística e Demografia, e na Universidade Cheikh Anta Diop, Dakar, Senegal, de 1984 a 1987. Mady possui um Diploma de Engenheiro-Estatístico da ENEA em Dakar, Senegal, e Bacharelado, Mestrado e Doutorado Superior do Instituto de Demografia da UCL, Louvain-la-Neuve, Bélgica. Mady é totalmente proficiente em inglês, francês, português e espanhol.
Manuela Carneiro

Manuela Carneiro

ONUDC
Conselheira
Manuela é encarregada do escritório em Angola desde 1 Julho de 2021.

Tem 22 anos de experiência em prevenção criminal e justiça penal, sobretudo em branqueamento de capitais, corrupção e criminalidade económica e financeira. Atualmente, lidera a implementação do programa da ONUDC em Angola.

Previamente, Manuela trabalhou como Consultora da UNODC na área de branqueamento de capitais e confisco de proveitos do crime em Moçambique. Antes de ingressar na UNODC, Manuela serviu a Polícia Judiciária Portuguesa, na Direcção do Porto e na Unidade Nacional de Combate à Corrupção, onde liderou investigações transnacionais por crimes económicos e financeiros.

É licenciada em Economia pela Universidade de Coimbra e tem curso de Mestrado em Finanças e Fiscalidade da Faculdade de Economia da Universidade do Porto. Manuela fala Inglês, Francês e Espanhol e tem o Português como língua materna.
Nuno Miguel Rodrigues Paulo

Nuno Miguel Rodrigues Paulo

UNOPS
Director de País
Nuno Rodrigues Paulo é um profissional experiente com mestrado em Engenharia Civil nos ramos de Ambiente e Geotecnia, com mais de 25 anos de gestão de projetos de infraestrutura sustentável em África. Especialista em diversos setores, incluindo água, transportes, habitação e energia, ele liderou projetos financiados por organizações renomadas como o Banco Mundial e o Banco Africano de Desenvolvimento. Nuno destacou-se na preservação de ecossistemas naturais, como no Parque Nacional do Limpopo em Moçambique e proteção de encostas em Cabo Verde minimizando o impacto ambiental.

Na UNOPS, liderou com sucesso projetos integrando princípios de sustentabilidade na República Democrática do Congo. Sua carreira incluiu posições de destaque, como Diretor Sénior de Projetos de Infraestrutura e
ransporte em empresas multinationais de Dinamarca e Portugal, contribuindo para soluções de infraestrutura sustentável.
Olivio Borges

Olivio Borges

UNCTAD
Coordenador Regional Adjunto
 
Olivio Borges é um profissional altamente qualificado e experiente, cuja trajetória acadêmica e profissional o destaca como uma figura proeminente no campo do Direito Fiscal e Gestão Aduaneira do Comércio Internacional. Olivio encontra-se atualmente no processo de mestrado em Direito Fiscal, tendo concluído com excelência a parte curricular deste curso. Sua dedicação ao aprimoramento contínuo é evidente em sua obtenção de uma pós-graduação em Gestão Aduaneira do Comércio Internacional e uma licenciatura em Direito, ambas alcançadas com distinção.

Além de sua formação acadêmica impressionante, Olivio possui um conjunto invejável de credenciais internacionais. Ele obteve formação e especialização no prestigioso SYDONIA na CNUCED em Genebra, Suíça, consolidando assim seu conhecimento e experiência em questões relacionadas ao comércio internacional. Seus estudos avançados na Escola Nacional das Alfândegas Francesas lhe renderam um Diploma de Estudos Superiores em Alfândegas, destacando sua profunda compreensão dos procedimentos e regulamentos alfandegários. Além disso, seu Diploma de Concepção e Desenvolvimento de Sistemas Informáticos, obtido na renomada Universidade de Montpellier, na França, demonstra sua habilidade excepcional não apenas em questões jurídicas, mas também em tecnologia da informação.

Olivio Borges é reconhecido não apenas por suas realizações acadêmicas, mas também por suas contribuições significativas para o campo. Sua capacidade de aplicar seu vasto conhecimento teórico a situações práticas é verdadeiramente impressionante, tornando-o uma figura respeitada e admirada por colegas e superiores. Sua trajetória exemplar serve como inspiração para aspirantes a profissionais do Direito Fiscal e da Gestão Aduaneira, Olivio Borges continua a elevar os padrões e a deixar uma marca indelével no mundo do Direito Fiscal e da Gestão Aduaneira do Comércio Internacional.
Victor Duarte Lledó

Victor Duarte Lledó

FMI
Representante Residente
 
Victor ocupa o cargo de Representante Residente do FMI para Angola desde Agosto de 2023. Antes disso, ele desempenhou várias funções nos Departamentos Africano, Fiscal e Financeiro do FMI, onde trabalha há 20 anos. Como economista do FMI, Victor trabalhou com economias em desenvolvimento e avançadas em Africa, Ámerica Latina e Europa, entre elas Africa do Sul, Ruanda, Lesotho, Ecuador, Republica Domincana e Espanha. Victor foi representante residente em Moçambique entre 2010-13 e contribuiu para publicações de renome do FMI como o Relatorio de Perspectivas da Africa Subsaariana e o Monitor Fiscal. Victor é um expert em política fiscal tendo provido assistencia tecnica nas areas de arcabouços e regras fiscais.

Victor possui um Ph.D. em Estudos de Desenvolvimento pela University of Wisconsin-Madison, bem como um Mestrado em Ciências Econômicas pela mesma universidade e outro pela Escola de Pos-Graduação da Fundação Getulio Vargas, no Brasil, e bacharelado em Ciências Econômicas na Universidade de Brasília (UnB), no Brasil. Ele publicou varios artigos, incluindo em jornais especializados. Para além das áreas de política fiscal acima referidas, suas áreas de expertise e interesse incluem crescimento inclusivo e desigualdade.